A ONU quer justiça ou quer apoiar um governo?

Leiam abaixo. Volto em seguida:


18/11/2011 14h33 - Atualizado em 18/11/2011 15h30

ONU pede julgamento de violadores dos direitos humanos no Brasil

Alta comissária saudou a sanção da lei da Comissão da Verdade.
Mas disse que medida deveria incluir a revogação da Lei de Anistia.

Do G1, com AFP

A alta comissária dos Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, pediu nesta sexta-feira (18) “medidas adicionais para facilitar o julgamento dos supostos responsáveis por violações dos direitos humanos” durante a ditadura militar que governou o Brasil entre 1964 e 1985.

Pillay saudou a sanção pela presidente Dilma Rousseff, nesta sexta-feira, de uma comissão para investigar os crimes cometidos durante os governos militares, mas afirmou que essa medida “deveria incluir a promulgação de uma nova legislação para revogar a Lei de Anistia de 1979 ou para declará-la inaplicável por impedir a investigação e levar à impunidade (…) em desrespeito à legislação internacional de direitos humanos”.

Em comunicado, Pillay lembrou que começou a defender a necessidade dessa comissão em 2009, quando fez visita oficial ao Brasil.

"Eles e suas famílias estão esperando compensação pelas violações que sofreram por mais de quatro décadas, e têm direito a ver a justiça sendo feita", disse Pillay sobre as vítimas da ditadura. "Além de iluminar a verdade sobre incidentes particulares, essas comissões investigam o padrão das violações no passado, suas causas e consequências."

Ela acrescentou que o trabalho da comissão deve ajudar os brasileiros a entender e reconhecer sua própria história, que, até agora segundo ela, foi frequentemente contestada ou negada.

"Comissões da verdade também buscam evitar novos abusos, fazendo recomendações específicas sobre reformas institucionais e políticas públicas", disse.

A notícia toda está aqui

Se eu pudesse fazer uma única pergunta à ONU seria: Quem seria investigado? Somente os militares? Somente a oposição guerrilheira? Todos?

A Lei da Anistia “perdoou” os dois lados, tanto os guerrilheiros que mataram quanto os militares que mataram. Não é a solução ideal. O ideal seria que os responsáveis por crimes dos dois lados.

Afinal, nem é necessário lembrar que existiram guerrilheiros durante a ditadura, e que eles mataram, sequestraram e roubaram: a mesma coisa que a ditadura fez. Só que em nome da liberdade, o que não diminui a atrocidade e nem deveria diminuir a pena pelo crime. E que alguns deles são figurões no govenro: a própria presidente Dilma é fichada por assalto, sequestro e assasinato.

Os crimes da Ditadura não justificam os crimes dos guerrilheiros, nem vice-versa. Se eu sou a favor do julgamento dos criminoso da Ditadura? Sim, mas desde que tanto militares quanto guerrilheiros sejam punidos.

Um último comentário: A comissão da Verdade vai investigar a verdade que interessa ao governo. Vai descobrir mais atrocidades da Ditadura, o que é bom, mas nada garante que os crimes cometidos pelas guerrilhas vão ser revelados. Não a interesse do PT em revelar, quando algum dos seus figurões participaram da guerrilha.

  1. imabearniggas reblogged this from pensamentominimo
  2. pensamentominimo posted this